quinta-feira, julho 27, 2006

Mais amarras... não


Não me amarres a essa tristeza pardacenta de nuaces cinza com que geres a tua vida.
Não me amarres a palavras sem conteúdo ou a discursos sem sentido.
Não amarres os meus pensamentos com sorrisos de compreensão.
Não amarres a minha liberdade com sinais de reprovação.
Não amarres a minha razão com dissimulações afónicas de realidade.
Afrouxa as amarras para que possa encher o peito desse ar poluído de emoções de que me gosto de rodear.
Afrouxa as amarras antes que os estilhaços afiados de mim cortem de vez a corda que nos une e a respiração que dividimos.

1 comentário:

blogaccount54 disse...

Your are Nice. And so is your site! Maybe you need some more pictures. Will return in the near future.
»