segunda-feira, maio 31, 2010

Louise Bourgeois


E morre mais uma grande artista...

Louise Bourgeois marcava qualquer um que tivesse o prazer de se cruzar com a sua obra, eu tive a sorte de ver uma belíssima exposição no Rainha Sofia há uns anos...

Aqui fica a homenagem possível esperando que um dia as suas obras passem por aqui.


"A artista francesa Louise Bourgeois morreu nesta segunda-feira em Nova York, aos 98 anos, anunciou a fundação italiana Emilio e Annabianca Vedova, que prepara em Veneza uma exposição sobre essa grande figura do panorama artístico contemporâneo.
"Com profundo pesar, a Fundação Emilio e Annabianca Vedova divulga a notícia da morte de Louise Bourgeois, uma das figuras mais significativas do panorama artístico de nossa época", declarou a fundação em um comunicado.
Louise Bourgeois participou de diferentes correntes artísticas, primeiro nos Estados Unidos, sob a influência do surrealismo, e a partir dos anos 1960 da escultura em metal, realizando grandes instalações para tratar de sexualidade, família e sociedade.
Suas representações da maternidade sob a forma de aranhas são algumas de suas obras características.
A fundação prepara-se para inaugurar na sexta-feira uma exposição de obras inéditas da artista, na qual ela mesma "participou ativamente, até dois dias atrás", completou Bianchini."

quinta-feira, maio 27, 2010

Mais alguns dados para perceberem como estamos a ser gozados


O orçamento do parlamento sobe 7 milhões de euros

A verba para os APNs (Assessores de Porra Nenhuma) sobe 40 mil euros ... sim está a ler bem

Os custos de transportes e deslocações para os deputados aumenta em 25%... porque o tal do 1º acha que é demagogo acabar com as viagens em executiva...

E a cereja do bolo é .... 43.600 € gastos a mais, em relação a 2009, em flores para a residência do 1º ministro...

Estão a gozar connosco... e nós continuamos a abanar com a cabeça como cães

Pois é...

e nós pacificos e bem comportados vamos somando e abanando com a cabeça quais cordeiros de rebanho


Quando em Espanha já cortaram 15% no vencimento dos governantes e fala-se em cortar 5% nos vencimentos doa funcionários públicos, medida esta ( a do corte nos vencimentos dos funcionários públicos) q decerto será copiada pelo excelente governo de Portugal com o apoio do principal partido da oposição, este mail vem mesmo a calhar...

Não divulgar é cumplicidade!

É preciso que se saiba que:

"... os portugueses comuns (os que têm trabalho) ganham cerca de metade (55%) do que se ganha na zona euro,

mas os nossos gestores recebem, em média:
- mais 32% do que os americanos;
- mais 22,5% do que os franceses;
- mais 55 % do que os finlandeses;
- mais 56,5% do que os suecos" (dados de Manuel António Pina, Jornal de Notícias, 24/10/09)

E são estas "inteligências" (?) que chamam a nossa atenção afirmando: "os portugueses gastam acima das suas possibilidades".

terça-feira, maio 18, 2010

ele é tão engraçado...


E no dia em que Sócrates confessa ter encontrado em Passos Coelho um parceiro para o tango, o Presidente da República aprova o casamento entre os homossexuais.

(retirado do 31 da Armada)

Frase do dia

"Se estamos mesmo destinados a seguir o caminho dos gregos, então comecemos por envenenar o Sócrates."

quarta-feira, maio 12, 2010

Cada cavadela... minhoca



Aqui está uma semana de ouro do PS...




- Pressão de Sarkozy convenceu Sócrates a adiar investimentos

José Sócrates foi fortemente pressionado na sexta-feira pelo presidente francês, Nicolas Sarkozy, para fazer rapidamente um esforço adicional de redução do défice orçamental de modo a reforçar a credibilidade da estratégia de consolidação das finanças públicas. Esta pressão foi feita antes do início de uma cimeira de líderes dos 16 países da zona euro reunida de emergência, em Bruxelas, para salvar




É uma vergonha que um país inteiro lhe tenha dito que as obras não podiam ir para a frente tendo em vista o panorama económico e que o sr. primeiro não tenha ouvido ao ponto de ter que ser chamado à atenção pelo Sarkozy...




- Quem tem cú... tem medo... é a explicação para a barraca do Ricardo Rodrigues




"A organização Repórteres Sem Fronteiras, que tem como objectivo a defesa da liberdade de imprensa no mundo, condenou hoje a atitude do deputado socialista Ricardo Rodrigues por ter levado gravadores de jornalistas que o entrevistavam"




- Falta de informação e não saber ouvir, que é uma caracteristica que define muito bem o sr. primeiro ministro levam-no a cometer gafes e a fazer papel de brojeço...




"Algum espanto causaram as 'gaffes' de José Sócrates, que tratou o Papa por "Vossa Eminência" em vez de "Vossa Santidade" e aludiu à "cerimónia de coroação" de Bento XVI, gesto que não existe na Igreja Católica há várias décadas"

segunda-feira, maio 03, 2010

Eu quero a Feira Popular...




Que porra de país este... onde ninguém tem "tomates" para tomar decisões...

Eu não quero ter 2 submarinos... eu quero ter uma feira popular...
Eu não quero ter um monte de ruinas no centro de Lisboa enquanto os tribunais decidem sobre as trafulhices dos negócios em causa... eu quero que os miúdos saibam como é bom comer algodão doce e sonhar nos carróceis...
Eu não quero ter o TGV e mais 2 ou 3 centenas de emigrantes nas obras do mesmo... eu quero ter um comboio que me permita viajar de Lisboa a Viana do Castelo, Ponte Lima ou outra qualquer cidade do norte ou do sul sem dificuldades de ligações...

Eu não quero ter mais uma ponte porque o trânsito será sempre na Ponte 25 de Abril, visto que as portagens das outras serão sempre mais elevadas... e mais 2 ou 3 centenas de emigrantes a trabalhar na obra e a pedir o visto de residência.
Eu quero um país onde os empregos sejam para os portugueses, por muito racista que isto pareça... mas crise é crise
Eu quero ter um Club de jazz nacional que me permita ter acesso a este tipo de música e que não esteja dependente do Domingos Névoa e dos tribunais e da Bragaparques...
Eu quero a ruas livres para passear, quero estacionar o carro sem ter que pagar cada minuto de cidadania à EMEL...
Devolvam-me o meu país... devolvam a dignidade de ser português aos portugueses...


Câmara de Lisboa apresentou ontem à direcção do Hot Clube de Portugal várias propostas para albergar provisoriamente o mais antigo clube de jazz nacional. No entanto, o seu regresso ao número 39 da Praça da Alegria, depois do incêndio que inviabilizou o espaço, está dependente da resolução do processo judicial entre a autarquia e a Bragaparques.

A recuperação do Hot Clube vai ser integrada no Plano de Pormenor do Parque Mayer (EVR)
Depois da reunião com a direcção do Hot Clube, a vereador da Cultura da Câmara de Lisboa, Catarina Vaz Pinto, afirmou que o projecto de recuperação do edifício e criação de uma Casa do Jazz é "complexo" e que, enquanto o litígio judicial "não for decidido, a autarquia não vai fazer nenhuma intervenção no espaço".

Quanto a um espaço provisório para albergar o Hot Clube, "a câmara apresentou uma série de hipóteses na zona da Praça da Alegria, que vamos analisar com calma", disse ao PÚBLICO Inês Homem Cunha, directora do clube. A responsável adianta que as alternativas são "espaços devolutos da autarquia", mas realça que é necessário investir num local que valha a pena, pois "a recuperação do antigo edifício pode durar vários anos".

Tanto a autarquia como a direcção parecem excluir a hipótese de instalação no espaço do Ritz Club, que foi sugerida ao PÚBLICO por músicos e críticos de jazz. A vereadora disse ontem que o Ritz "neste momento não é uma das hipóteses em cima da mesa", enquanto Inês Cunha destaca que o espaço não serve, pois está em "mau estado".

Quanto à recuperação da cave que albergava o Hot Clube, a câmara comprometeu-se já a integrá-la no Plano de Pormenor do Parque Mayer. Contudo, dificilmente o projecto irá para a frente enquanto não for resolvido o litígio com a Bragaparques. O caso remonta a 2005, quando a Assembleia Municipal de Lisboa aprovou a permuta dos terrenos do Parque Mayer (da Bragaparques) por parte dos terrenos camarários da antiga Feira Popular, em Entrecampos. O negócio envolveu ainda a venda em hasta pública do restante espaço da Feira Popular, que foi adquirido também pela Bragaparques. O actual vereador José Sá Fernandes denunciou a situação ao Ministério Público, levantando uma onda de polémica que antecedeu a queda do executivo camarário de Carmona Rodrigues em 2007 e se arrasta nos tribunais.

Vamos privatizar

Este homem é um visionário... os Cadernos de Lanzarote são profecia pura


«Privatize-se tudo, privatize-se o mar e o céu, privatize-se a água e o ar, privatize-se a justiça e a lei, privatize-se a nuvem que passa, privatize-se o sonho, sobretudo se for diurno e de olhos abertos.

E finalmente, para florão e remate de tanto privatizar, privatizem-se os Estados, entregue-se por uma vez a exploração deles a empresas privadas, mediante concurso internacional.

Aí se encontra a salvação do mundo… e, já agora, privatize-se também a puta que os pariu a todos.»
José Saramago – Cadernos de Lanzarote - Diário III – pag. 148