quinta-feira, outubro 27, 2005

Era uma vez


Era uma vez uma galinha que vivia sozinha.
Tinha gostos estranhos e daí lhe vinha a solidão.
Gostava de gatos, pretos e com personalidade e de ler e escrever para se entreter enquanto passavam as horas rotineiras de insanidades nervosas.
Sonhava com gritos de multidão e tinha medo de ruídos intensos.
Enjoava o cheiro de perfumes caros e aborrecia-se com carros grandes de jantes brilhantes.
Gostava de viajar mas odiava fazer malas.
Tinha uma preferência por chaves, porque as chaves abrem coisas que não se conhecem.
Queria ser famosa e por isso vivia fascinada pelas artes alheias.
Odiava papagaios porque só falam sem sentido e sobre nada, mas um dia farta de tudo o que amava e odiava resolveu por em letra o facto inabalável de ser apenas uma galinha.

3 comentários:

pikenatonta disse...

Olá Ana! Bem vinda à Blogosfera! Já vi que estás no início deste blog, venho aqui desejar todas as felicidades para a dona e para ele! ;)
Beijinhos!!

Anónimo disse...

Looks nice! Awesome content. Good job guys.
»

Anónimo disse...

Interesting site. Useful information. Bookmarked.
»